Os 15 instrumentos de tortura mais brutais de todos os tempos

destaque

 

Apesar das bem feitorias, e grandes ações nobres que muitos seres humanos já fizeram e fazem até hoje,  o ser humano  está sempre ligado a maldade, seja por ganância, vingança ou até por puro prazer. Desde que o mundo é mundo se escutam histórias terríveis de homens que torturaram ou mataram outros homens ou animais. A realidade da violência sempre andou lado a lado com a história do homem. Os seres humanos são criaturas terríveis com mentes terríveis, e infelizmente não se sabe a causa verdadeira disso. Existem estudos que apontam para a má criação e a falta de amor como grandes criadores de monstros humanos, mas nem todos os casos tratam disso, simplesmente alguns não tem explicação.  Não acredita em tamanha maldade? Preparei uma lista dos instrumentos de tortura mais brutais de todos os tempos para te provar como o homem pode ser mal…

Quando se fazia algo errado era necessário pagar as consequências, mas estes métodos pareciam ir longe demais!

 

Continue lendo

A Igreja não é Deus

 

Partimos da ideia de Deus com as premissas básicas de que Ele é amor, e que Ele perdoa. Isso é correto para você, não é? A partir disso podemos analisar o discurso das igrejas a respeito de Deus. O básico deste discurso é a regra: seja bom e vá para o céu junto de Deus, seja mal e vá para o inferno sofrer com o Diabo.

Mas espera aí, Deus não perdoa?

Que coisa é essa de inferno, e de Diabo, e demônios? Deus perdoa…OH WAIT, Ele não perdoa? Não é amor?

Entenda isso, acreditar em Deus é normal e é da natureza humana, se não fosse não teríamos a maioria das sociedades cultuando divindades por aí. O problema é quando você para de RACIOCINAR, quando você para de pensar por si próprio e aceita tudo o que a igreja diz.

Igreja NÃO É Deus.

 

Continue lendo

4 crianças que foram criadas por animais

https://i2.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2013/05/cri-g.jpg

Elas não tiveram o apoio e a criação de pais humanos, e foram “adotadas” por animais que passaram as considerar como membros do grupo. Casos de crianças criadas por animais, além de despertar grande curiosidade e levar à criação de lendas, levantam uma questão: seríamos nós, resultado exclusivo dos nosso genes, ou as experiências  sociais que vivemos determinam o nosso comportamento?

Continue lendo

Instrumentos de tortura usados pela inquisição em nome da religião

 

Você provavelmente estudou sobre a Idade Média, ou como ela também é conhecida: Idade das Trevas. Talvez na época você fosse uma criança, ou adolescente, e a professora não queria te chocar – ou desconhecia o assunto profundamente -, então provavelmente deixou de fora a parte mais pesada da coisa, que incluía torturas maníacas como nunca se viu.  Apesar de haver exceções, em sua maior parte o período foi exatamente isso: Trevas. Muitos historiadores colocam a culpa nas invasões bárbaras, e em como esses povos eram primitivos, mas o fato é que grande parte do atraso se deve aos sucessores do todo-poderoso Império Romano: a Igreja Católica.
Mas essa escuridão cultural e conservadora foi uma das facetas mais amenas da Igreja Católica na Idade Média. Além das barbaridades cometidas contra as chamadas “bruxas”, os piores momentos foram reservados aos distintos senhores responsáveis pelo Tribunal de Santo Ofício! Inicialmente, de acordo com relatos históricos medievais, a Inquisição foi criada para combater o sincretismo religioso, em 1184, que unia a fé católica a cultos pagãos e realizavam adivinhações utilizando coisas como plantas. Depois, a Inquisição ficou a cargo de julgar crimes/pecados como heresias, adultérios, feitiçaria, além de colocar a culpa nessa gente de toda a sorte de desgraça que ocorria no local em que estava instalado o Tribunal.
Logicamente, com tamanho poder, os Tribunais impunham punições políticas e econômicas, de forma a aumentar a expansão da Igreja na época. E os relatos dizem que os Inquisidores eram eficientes. O mais famoso deles, o espanhol Tomás de Torquemada, foi o responsável por diversas campanhas contra judeus e muçulmanos na Espanha. E para chegarem a esse nível de eficiência, os inquisidores eram criativos. Necessitavam espalhar o terror para que todos tivessem medo deles, e para isso abusavam de instrumentos sem precedentes na história humana, com o intuito de causar dor extrema, sem, contudo, matar o herege, dando tempo pra ele confessar seus pecados.
Dizem que a tortura nessa época não era tão comum quanto a gente pensa, mas fica difícil afirmar isso após dar uma olhada nessa lista de aparelhos que parecem ter saído de uma filme de Hellraiser, ou Jogos Mortais.

Continue lendo