Hierarquia e Segredos – Lobisomem

Wolf_Howl_Contour_Animation_by_oboroten

Venho trazer a vocês mais um post que terá quase tudo de mais importante que vocês precisam saber sobre meus seres preferidos:

os Lobisomens.

Lobos, animais fascinantes. Quantas lendas foram criadas por medo ou fascínio, quanta beleza se esconde por trás de sua voracidade?

Os lobisomens, filhos das lendas., os lycans, filhos de Lycaon, os garou, filhos de Gaia e todos filhos da imaginação humana, Será?

Antes de responder verdade ou ficção, conheçam agora verdadeiramente esses tão místicos seres.

Um licantropo é o ser sobrenatural híbrido de homem e lobo, seu nome vem do grego  lykos, “lobo” e antropos, “homem”, originário de lendas Europeias, era um ser humano com habilidade de se transformar em um lobo ou algo parecido em noites de lua cheia e voltando ao normal novamente ao amanhecer.

  • Características

download

São seres sempre retratados como lobos grandes ou híbridos, metade homens e metade lobos, negros com   olhos vermelhos ou amarelos, orelhas pontudas,unhas e dentes enormes e, pelo arrepiado como um cão         raivoso. Quando relatados na forma de lobos são grandes de pelo escuro, olhos flamejantes, dentes enormes e caninos mostrando-se para fora da boca, cauda longa e rosnado forte e aterrorizante.
Quando na forma de hibrido, é segundo as lendas, um ser grande, bem maior do que os homens, peludo e musculoso, com focinho longo, dentes afiados como facas, garras curvas com as quais poderia destroçar suas presas, sem cauda em sua forma peculiar, com medidas de 2 a 3 metros de altura, seria uma besta rápida, forte e ameaçadora! Mesmo em sua forma humana um lobisomem apresenta uma serie de características, é uma pessoa desconfiada, sempre olhando tudo em volta, é alto, magro, pálido, unhas e orelhas grandes, corpo muito peludo e sobrancelhas unidas.

  • Contágio

become-a-vampire-shapeshift

As formas de se tornar lobisomem são diversas, você pode:
Sobreviver a um ataque, pois a mordida ou arranhão transmite o vírus.  Algumas lendas dizem que o vírus só pode ser adquirido durante a lua de sangue, a lua cheia ou o Quarto Minguante (período de 3 dias após a lua cheia).
Pedir para ser maldiçoado por algum ser com essa habilidade como magos, feiticeiros,  xamãs ou em poucos casos como Lycaon, por um deus.
E a ultima forma seria a auto-indução, ou seja, por um ritual.

  • Origens

998091_219892784834234_614750132_n

A lenda do lobisomem popular vem da Europa, porém sua verdadeira origem vem de muito antes, da Mitologia Grega, com o rei Lycaon.

Lycaon era o rei mitológico da Arcádia ,era casado com a ninfa Cyllene, era um governante cruel que não apenas oferecia sacrifícios humanos aos deuses, mas também devorava carne humana em horríveis banquetes. Assim como Lycaon seus 50 filhos eram homens cruéis (menos o caçula Nyctimus), participando de suas festas macabras. Furioso com a crueldade de Lycaon, Zeus em pessoa o amaldiçoou e a seus filhos, transformando-os em lobos, até que desistissem da carne humana por dez anos. Parte dos filhos de Lycaon eram imortais, seja por seu pai ser supostamente um deus ou por sua mãe ser uma ninfa, assim os filhos (os Lycans) se espalharam pelo mundo. Do nome Lycaon, surgiram os nomes licantropia e licantropo e outra lenda diz que ele ofereceu a Zeus a carne de uma criança em um banquete, e por isso foi transformado em lobo.

As lendas mais modernas se encontram na Europa, com a Besta de Gévaudan.

No Século XVI uma besta aterrorizava a região francesa de Gévaudan, vários ataques foram relatados e depois de muito tempo a besta foi caçada e morta e entregue a corte de Luis XV.  Muitos relatos de sobreviventes foram coletados e do ponto de vista histórico a besta realmente existiu. Ele matava suas vítimas atacando a garganta com a boca, diziam ser um animal de cor avermelhada e com odor insuportável. Acreditasse, segundo criptozoologos, que se tratava de uma hiena ou um mesoniqídeo (animal extinto a milhares de anos), que era um tipo de “lobo com cascos”, mas nada comprovado. Bom, seria dai que surgiram as crenças modernas sobre o lobisomem conhecido. Na história da Besta foram mortas não só uma, mas duas bestas, a primeira foi declarada como um lobo muito grande que na época, supunha-se que fosse “a besta”, mas duas crianças foram mortas depois e um novo lobo foi morto, dessa vez, com uma bala de prata benzida por um padre, o que deu origem a lenda do lobisomem.

  • Vulnerabilidade

images (1)

Os lobisomens segundo as suas lendas só poderiam ser mortos por objetos de prata, o simples contato já os faria sofrer, e quase nada os machucaria, exceto o fogo e uma simples planta chamada Acônito ou mata-lobos, que seria como a verbena é para os vampiros, além de ser venenosa aos seres humanos também.  A licantropia é até onde se sabe incurável, a não ser talvez pela sua libertação de sua maldição pela entidade que o amaldiçoou. No filme Van Helsing, Drácula é o único que possui a cura por proteção e ela é conseguida através da ciência, que no caso poderia trazer a cura a um homem amaldiçoado.

  • Epidemias Medievais

Uma grande epidemia licantrópica se espalhou pela Europa durante os séculos XV e XVI, o que unido ao surto de bruxaria e heresia deu origem a Santa Inquisição, movimento que acabou por matar milhares de pessoas e tornar a igreja católica uma das mais odiadas por protestantes e ateus desde aquela época até os dias de hoje.

  • No ponto de vista científico

Pela ciência,a licantropia não passa de um delírio ou doença mental que afeta um indivíduo, fazendo-o acreditar que pode se tornar um lobo, chama-se licantropia clinica.

  • Na literatura

No século XIX três romances revolucionaram o mundo licantropico na literatura, foram eles Hughes The Werewolf de Sutherland Menzies, Wagner the werewolf de George W.M.Reynold, oitenta anos depois um livro sobre lobisomens foi o que chamou mais atenção, The werewolf of Paris de Guy Endore, seguido de The Wolf Man.  Ultimamente os lobisomens vem se tornando cada vez mais frequentes na literatura, em series de livros, como The Vampire Diaries, Twilight, Underwolrd, Fúria lupina, etc. E esta garantido que permanecerão na literatura por muito tempo.

  • Ritual

wolfshieldws2

O ritual a seguir tem como fonte, um livro do ano de 1865.

Aquele que desejar se transformar em Oborot (lobisomem), que procure na floresta por uma árvore caída e a apunhale com uma faca de cobre, caminhando ao redor da mesma e repetindo o seguinte feitiço:
“No mar, no oceano, na ilha, em Bujan
Sob o pasto vazio brilha a lua, sob o cepo
apoiado num tronco verde, em um vale sombrio.
Na direção do cepo vagueia um lobo desgrenhado
Procura o gado chifrudo para saciar suas presas brancas;
Mas o lobo não entra na floresta,
Mas o lobo não mergulha no vale cinzento,
Ó Lua, lua dos chifres dourados,
Restrinja o voo das balas, cegue as facas dos caçadores,
Quebre os cajados dos pastores,
Espalhe o medo selvagem entre o gado,
Entre os homens e todas as criaturas rastejantes,
Que eles nunca capturarão o lobo cinzento,
Que eles nunca arrancarão sua pele morna,
Minha palavra é fidedigna, mais fidedigna que o sono,
Mais fidedigna que a promessa de um herói!”

Então salta-se três vezes sobre a árvore e corra para a floresta,transformado num lobo.

  • Os GAROU

tumblr_mr6w2iZW291s4kzrso1_500

Os Garou são uma raça de lobisomens filhos da Mãe Terra, Gaia, criados para proteção e guia dos humanos, são o que chamaríamos de lobisomens bons (quando querem), podem se controlar e se transformar quando precisarem. Eles são crianças normais até que em algum momento entre seus 10 e 16 anos tem sua primeira transformação, a partir dai são guiados a um rito de passagem especifico, até que estejam prontos, e se tornem verdadeiros Garou. Não se reproduzem uns com os outros, somente com humanos ou lobos (segundo pesquisas). Nunca Garou com Garou. São lobisomens que seguem rituais rotineiros em oferenda a Gaia e sua única diferença dos lobisomens tradicionais é que eles teriam total raciocínio durante a transformação.

  • Peeira

Vide https://finispendet.wordpress.com/2013/09/10/werewolf-legend/

  • Hierarquia licantrópica

tumblr_motgrxN1P91rba901o1_500

A hierarquia dos lobisomens é a mesma dos lobos, com o Alpha como líder, e os ômegas ou betas como seus subordinados. A única diferença entre hierarquia dos lobos e dos lobisomens é a de que se houver uma fêmea no bando dos lobisomens, ela se torna a Alpha que manda no Alpha. rsrs (sem feminismo, é o que dizem os relatos)

  • Animagia

download

No universo de Harry Potter e em alguns pontos da vida real, há aqueles magos ou feiticeiros de que tanto ouvimos falar, o animago nada mais é do que um desses bruxos, mas que pode voluntariamente se transformar em um animal qualquer. Usando a animagia esse mago poderia se transformar, por seu próprio querer, em um lobisomem ou lobo o que de acordo com diversos tipos de cursos de magia, somente um iniciado em magia de alto nível seria capaz de se transmutar em um animal.  Mesmo com essa barreira de ter que ser iniciado, se houverem bruxos devem também existirem os homens-lobos.

Relatos

Anúncios

3 comentários sobre “Hierarquia e Segredos – Lobisomem

  1. Amei a explicação, algumas coisas eu sabia, outras eu aprendi, cada Raça de Lobisomem,tem suas peculiaridade mas as raças que tem controle total são as que mais me atrai…..por que vc ser um Predador é uma coisa, vc ser um assassino é outra ….

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s